A Nossa História

A História da Primeira Igreja Baptista de Lisboa

No rio Tejo, próximo à Torre de Belém, foram na manhã do dia 20 de Agosto de 1922 baptizados, pelo rev. António Maurício, os primeiros vinte membros que formaram a 1ª Igreja Baptista de Lisboa, aos quais se juntaram por carta demissória três irmãos vindos de Igrejas Baptistas fóra da capital. Nesse mesmo dia, à tarde, num culto solene foi consagrado ao pastorado da 1ª Igreja o rev. Paulo Irwin Torres. A sede da Primeira Igreja Baptista de Lisboa ficou sendo na rua Francisco Sanches, 55-r/c, tendo um ponto de prégação na rua Fábrica da Pólvora, em Alcântara.

Dado o progresso que estava a ter o Evangelho em Alcântara buscou-se um salão maior, e o Senhor conduziu o pastor Torres até à rua dos Lusíadas, onde alí abriu uma missão que a 1 de Julho de 1923 se organizou em igreja. 

Em 1925, a nossa igreja concedeu cartas demissórias aos irmãos residentes em Morelena e ali também a missão se organizou em igreja, mantendo no entanto como seu pastor Paulo Torres da 1ª Igreja.

Em 1924 foi alugado um novo salão para a 1ª Igreja na rua Almirante Barroso e também aí, pela graça de Deus, o trabalho cresceu imenso, pelo que em 1926, sentindo a igreja a necessidade premente de possuir um templo próprio em Lisboa, foi eleita uma comissão "Pró-construção do templo". Em busca de apoios financeiros para tão grande empreendimento, o pastor Torres deslocou-se ao Brasil onde durante cerca de seis meses prégou em vários locais e recolheu o maior apoio dos nossos irmãos brasileiros para a construção do novo templo. No Semeador Baptista de 15 de Abril de 1928, escrevia o missionário A. Maurício: "Não podemos imaginar quanto o Ir. Torres tem feito em prol do Evangelho em Portugal, viajando noite e dia por terras brasileiras".

Logo que regressou a Portugal, o pastor Torres realizou uma campanha de oração em prol da abertura de um novo trabalho em Lisboa. Como resposta do Senhor à oração do Seu povo deparou-se um bom salao no populoso Bairro Novo à Lapa, onde a 15 de Julho de 1928 era inaugurada uma nova missão da 1ª Igreja baptista de Lisboa. Também esta missão no ano seguinte se organizou em igreja, elegendo para seu pastor o Ir. Raúl Pinto de Carvalho. Assim se formou a 2ª Igreja Baptista de Lisboa.

Finalmente em 15 de Maio de 1931 foi feita a escritura da compra do terreno para o tão almejado templo, e em Outubro do ano seguinte iniciaram-se as obras de construção.

O templo da 1ª Igreja Baptista de Lisboa foi erguido num local em que só havia terras, e a 30 de Abril de 1933 era inaugurado com grande solenidade.

Pouco tempo depois da sua construção e inauguração, a Câmara Municipal construiu, a menos de 50 metros, aquele que é ainda um dos mais belos mercados da cidade, e a pouco mais de 100 metros de distância, a mais linda alameda de Lisboa, a Alameda de D. Afonso Henriques. Assim, em pouco mais de 15 anos, a igreja viu-se rodeada duma população de milhares de habitantes, ficando no centro de um dos mais populosos bairros da cidade.

Foi a partir deste local que irradiou o Evangelho até Catelo Branco, Rocio de Abrantes, Ortiga, Penamacôr, Tremês, Sassoeiros, Cacém, Loures, Sete Casas, Setúbal, Carnaxide e outros lugares mais. Já sob o pastorado de Celestino Oliveira, a 1ª Igreja abriu ainda um novo ponto de prégação em Lisboa, na rua de S. Lázaro.

     Antiga fachada da Igreja