Notas Pastorais

Nota Pastoral de 16 de Março 2020

Amados irmãos e irmãs

A partir de agora e, querendo Deus publicaremos semanalmente uma mensagem bíblica para ser usada nos vossos cultos domésticos.

Para ver e ouvirem cada mensagem escolher na coluna da direita a opção "Pregações" e depois escolherem qualquer dos blog's que surgem. 

Podem sempre contactar comigo através do e-mail da Igreja ou através do tlm 967 111 502.

Oramos para que o Senhor continue a orientar e a dirigir a vida de cada um de vós segundo a Sua boa vontade e na Sua infinita misericórdia.

Pastor Celestino Torres de Oliveira

Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus

Atravessamos um período muito difícil nas nossas vidas, não só pelos perigos que nos rodeiam, mas também pela angústia de não nos podermos congregar no Templo da nossa Igreja para juntos louvarmos e adorarmos o nosso Deus.

Entretanto, como já escrevemos na semana passada, cada um de nós deve manter a sua comunhão diária com Deus, orando e lendo a Bíblia, a Palavra do Senhor.

Sabemos que nada acontece por acaso e que há um desígnio Divino em todas as circunstâncias da nossa vida e da vida de todos os homens e mulheres neste mundo.

Só Deus nos pode revelar qual o alvo desta situação em que nos encontramos. Talvez seja bom atentarmos para a nossa vivência como cristãos. É fácil concluir que o mundo incrédulo e blasfemador está a sofrer as consequências da sua impiedade e incredulidade… No entanto, qual a quota parte da nossa responsabilidade como crentes em Cristo? Seria bom examinarmos o modo como temos individual e colectivamente, como Igreja Cristã, vivido a nossa fé.

Como dissemos, é fácil olhar para o mundo, para a sua impiedade, e acusá-lo desta situação… Mas, as nossas Igrejas não estão também a conformar-se cada vez mais com esse mundo ímpio que nos cerca? Não só a vivência de muitos crentes, que se afirmam discípulos de Cristo, é uma negação dos ensinos do nosso Mestre, mas também muitos dos nossos cultos estão a conformar-se totalmente com os padrões do mundo pagão, numa atmosfera de irreverência e profunda apostasia quer a nível doutrinário, quer a nível da própria liturgia.

É urgente um profundo arrependimento da nossa parte, o que implica uma mudança radical do nosso comportamento em todas as áreas da nossa vida e da vida das nossas Igrejas.

Oremos a Deus, pois só Ele o pode fazer, que opere em cada um de nós um profundo e sincero arrependimento.

Esperamos, se aprouver ao Senhor, prepara mais uma mensagem Bíblica para o próximo Domingo.

Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos nós.

Pastor Celestino Torres de Oliveira

……………………………………………………….

Nota Pastoral de 23 de Março 2020

Amados irmãos e irmãs

Atravessamos um período muito difícil nas nossas vidas, não só pelos perigos que nos rodeiam, mas também pela angústia de não nos podermos congregar no Templo da nossa Igreja para juntos louvarmos e adorarmos o nosso Deus.

 

Entretanto, como já escrevemos na semana passada, cada um de nós deve manter a sua comunhão diária com Deus, orando e lendo a Bíblia, a Palavra do Senhor.

 

Sabemos que nada acontece por acaso e que há um desígnio Divino em todas as circunstâncias da nossa vida e da vida de todos os homens e mulheres neste mundo.

 

Só Deus nos pode revelar qual o alvo desta situação em que nos encontramos. Talvez seja bom atentarmos para a nossa vivência como cristãos. É fácil concluir que o mundo incrédulo e blasfemador está a sofrer as consequências da sua impiedade e incredulidade… No entanto, qual a quota parte da nossa responsabilidade como crentes em Cristo? Seria bom examinarmos o modo como temos individual e colectivamente, como Igreja Cristã, vivido a nossa fé.

 

Como dissemos, é fácil olhar para o mundo, para a sua impiedade, e acusá-lo desta situação… Mas, as nossas Igrejas não estão também a conformar-se cada vez mais com esse mundo ímpio que nos cerca? Não só a vivência de muitos crentes, que se afirmam discípulos de Cristo, é uma negação dos ensinos do nosso Mestre, mas também muitos dos nossos cultos estão a conformar-se totalmente com os padrões do mundo pagão, numa atmosfera de irreverência e profunda apostasia quer a nível doutrinário, quer a nível da própria liturgia.

 

É urgente um profundo arrependimento da nossa parte, o que implica uma mudança radical do nosso comportamento em todas as áreas da nossa vida e da vida das nossas Igrejas.

 

Oremos a Deus, pois só Ele o pode fazer, que opere em cada um de nós um profundo e sincero arrependimento.

 

Esperamos, se aprouver ao Senhor, prepara mais uma mensagem Bíblica para o próximo Domingo.

 

Que a graça do nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos nós.

Pastor Celestino Torres de Oliveira